18.4 C
Ponta Grossa
domingo, março 3, 2024
Divulgação

Festival Multiverso TriZ inspira 45 adolescentes em vulnerabilidade social

Ponta Grossa
céu pouco nublado
18.5 ° C
18.5 °
18.5 °
84 %
2.2kmh
11 %
dom
31 °
seg
31 °
ter
22 °
qua
22 °
qui
18 °
Escrito por
Com informações deAssessoria de Imprensa

O Festival Multiverso TriZ, organizado pela Estratégia Projetos Criativos, está trazendo inovação ao mundo infanto-juvenil, ao combinar arte, literatura e tecnologia. Além disso, o evento tem promovido uma transformação inspiradora na vida de 45 adolescentes em situação de vulnerabilidade social, por meio do projeto social “Ciclo da Leitura”.

O projeto social tem como objetivo preencher uma lacuna enfrentada por muitos adolescentes, que é o acesso limitado aos livros e bibliotecas. Por meio do Multiverso TriZ, esses jovens têm a oportunidade de receber material literário de qualidade e orientação de profissionais capacitados.

Continue lendo depois da publicidade:

O livro escolhido para o projeto foi “Poesia para encher a laje”, do autor Renan Inquérito. A obra foi selecionada pelos próprios adolescentes e, sob a orientação do professor mediador João Agner, eles estão explorando a narrativa sob a perspectiva de suas próprias realidades, gerando discussões importantes. Como resultado desses encontros, os participantes irão criar um trabalho em formato de e-book, coletânea de contos, poemas, áudio book, ilustrações, entre outros meios literários escolhidos por eles.

O trabalho desenvolvido pelos adolescentes será apresentado durante o evento, que ocorrerá no domingo. E o melhor de tudo: eles terão a oportunidade de conversar com o autor da obra escolhida, Renan Inquérito, durante o Multiverso TriZ. Essa experiência tem mostrado aos jovens que a literatura está mais próxima deles do que imaginam, como destaca o professor João Agner.

O projeto “Ciclo da Leitura” está fazendo diferença na vida desses adolescentes. À medida que eles exploram o mundo da leitura, descobrem novas perspectivas e desenvolvem confiança em suas habilidades literárias. Julia Ferreira, de 11 anos, por exemplo, pretende se aprofundar ainda mais no universo da literatura. Já Helen Camargo, de 14 anos, está determinada a retomar a escrita, mesmo após ter sido desencorajada por uma professora. Ela promete reescrever sua história, onde o protagonista desenvolverá o amor pela leitura e se tornará um escritor.

Leia também:

O Festival Multiverso TriZ, através do projeto social “Ciclo da Leitura”, está abrindo portas para um mundo de oportunidades literárias e artísticas para jovens atendidos pelas instituições socioeducativas Associação de Promoção à Meninas (APAM), Casa do Piá e Irmãos Cavanis. Essa iniciativa é um exemplo inspirador de como a arte, a literatura e a tecnologia podem transformar vidas e promover uma sociedade mais inclusiva.

- Anúncio -

MAIS LIDAS NO JC

Aproveite para ler!

Inscrever-se
Me notifique
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja os comentários
Direitos Autorais

.