18.4 C
Ponta Grossa
domingo, março 3, 2024
Divulgação

PM prende homem que matou mulher e ateou fogo em residência no ‘Neves’

A ação resultou na morte de uma mulher. A prisão foi realizada pela equipe policial após intensa investigação

Ponta Grossa
nuvens dispersas
19.2 ° C
19.2 °
19.2 °
82 %
1.4kmh
46 %
dom
31 °
seg
31 °
ter
22 °
qua
22 °
qui
18 °
Escrito por
Com informações dePMPG

Na manhã desta quinta-feira (24), a Polícia Militar (PM) prendeu um suspeito de latrocínio no bairro Neves, em Ponta Grossa (PG). O crime ocorreu no dia anterior, quando uma jovem de 20 anos foi encontrada morta dentro de uma residência em chamas, pelos bombeiros. A vítima apresentava ferimentos provocados por arma de fogo e o autor do crime, que esta preso, teria ateado fogo na casa para tentar ocultar as evidências, fugindo em seguida.

Após serem acionados pelos bombeiros, a Polícia Militar iniciou uma intensa busca pelo suspeito, utilizando informações fornecidas também pela Polícia Civil, imagens de câmeras de segurança e relatos da população. As diligências foram mantidas até que o indivíduo foi localizado nesta manhã, no bairro Neves.

Continue lendo depois da publicidade:

O suspeito, de 26 anos, foi encontrado na posse de objetos pertencentes ao esposo da vítima e constatou-se que havia um mandado de prisão em aberto contra ele pelo crime de roubo.

Relembre o caso do homem preso pela PM

Na última quarta-feira, durante o atendimento a uma ocorrência de incêndio, o Corpo de Bombeiros encontrou o corpo de uma mulher com sinais de violência. Segundo informações da corporação, moradores do bairro Neves acionaram a equipe de socorro ao perceberem a saída de fumaça pelo telhado de uma residência.

Ao chegarem ao local, os bombeiros precisaram arrombar a porta para verificar a situação e constataram um princípio de incêndio no quarto da residência. Foi ao lado da cama que os socorristas encontraram o corpo da vítima, que estava apenas com a parte de cima das roupas. A polícia informou que a mulher apresentava cerca de 20 ferimentos causados por arma branca no tórax e próximos ao pescoço.

Leia também

As autoridades suspeitam que o autor das facadas tenha iniciado o incêndio com o intuito de ocultar o crime. Além disso, foi revelado que o suspeito roubou o celular da vítima e tentou vendê-lo para um terceiro. No entanto, essa pessoa desconfiou da situação e, ao tomar conhecimento do crime, foi até o local do assassinato e entregou o aparelho aos policiais.

- Anúncio -

MAIS LIDAS NO JC

Aproveite para ler!

Inscrever-se
Me notifique
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja os comentários
Direitos Autorais

.