18.4 C
Ponta Grossa
domingo, março 3, 2024

Sindicato denuncia atuação de milícia armada no interior de Castro

Nota do Sindicado Rural de Castro pede ações por parte da Polícia e Prefeitura da cidade

Ponta Grossa
nuvens dispersas
19.2 ° C
19.2 °
19.2 °
82 %
1.4kmh
46 %
dom
31 °
seg
31 °
ter
22 °
qua
22 °
qui
18 °
Escrito por
Com informações deNota do Sindicato

O Sindicato Rural de Castro, por meio de um ofício divulgado no último dia 22, alerta para a presença de uma milícia armada no distrito do Socavão, localizado a cerca de 30km da cidade. Segundo o documento, a milícia tem por objetivo “expulsar as pessoas da posse de suas áreas rurais, de forma violenta e clandestina”, alegando a defesa de serem detentores de matrículas sobre essas terras, mas que não estão registradas em cartório.

A entidade cobra ações da Polícia e do município para a proteção desses moradores num possível conflito armado com a milícia. A denúncia é realizada logo após indivíduos de fora do distrito rondarem em algumas áreas com carros e caminhonetes armados. A nota do Sindicato também cita que foram feitas ameaças aos produtores rurais do local, pedindo para que eles entregassem suas posses ou sofreriam intimidações, como o ateamento de fogo em maquinários e veículos.

Continue lendo depois da publicidade:

No início do mês de fevereiro, a Polícia Militar de Castro e a Patrulha Rural do município compareceram duas vezes ao Socavão por conta de denúncias, sendo uma delas prestando assistência aos moradores e outra abordando um veículo que seria parte da milícia. Todos os indivíduos do carro em questão foram identificados, mas não sofreram prisão. A PM ainda investiga possíveis suspeitas de atuação ou intimidação da milícia na área.

Distrito de Socavão

O Socavão é um dos maiores distritos de Castro, com um vilarejo e comunidades em torno do local, além de fazendas e chácaras. O documento do Sindicato diz que há cerca de 709 imóveis ou terras registradas no Cadastro Ambiental Rural (CAR), sendo estimado que mais de 2 mil famílias vivam nessas áreas. Algumas dessas posses possuem mais de 100 anos, reconhecidas e registradas judicialmente pela Comarca da cidade.

- Anúncio -
Texto revisado porHeryvelton Martins

MAIS LIDAS NO JC

Aproveite para ler!

Inscrever-se
Me notifique
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja os comentários
Direitos Autorais

.