24.8 C
Ponta Grossa
quarta-feira, maio 22, 2024
Marinha do Brasil

Rio Grande do Sul enfrenta catastróficas chuvas, alerta governador

O governador ressaltou que os alertas emitidos visam evitar um aumento no número de vítimas

Ponta Grossa
nuvens dispersas
24.6 ° C
24.6 °
24.6 °
52 %
6.4kmh
28 %
qua
25 °
qui
25 °
sex
19 °
sáb
15 °
dom
12 °
Escrito por
Com informações deSBT News

O Rio Grande do Sul deve enfrentar o maior desastre causado por chuvas em sua história, conforme o governador Eduardo Leite. As cidades do estado estão enfrentando uma situação de caos e guerra devido às intensas chuvas, o que está dificultando os trabalhos de resgate e recuperação. O alerta foi feito pelo governador nesta quarta-feira (1º), destacando a gravidade da situação.

Leite afirmou que esse desastre será ainda maior do que o ocorrido no ano passado, quando o estado já enfrentou emergências em 433 municípios e registrou 71 mortes. Até o momento, já são dez pessoas mortas e 21 desaparecidas devido aos impactos das chuvas.

Continue lendo depois da publicidade:

Leia também: Fortes chuvas interditam BR-376 em Guaratuba

O governador ressaltou que os alertas emitidos visam evitar um aumento no número de vítimas. Medidas como a suspensão das aulas até o fim da semana foram adotadas, e a população está sendo orientada a acompanhar os informes das prefeituras sobre possíveis evacuações. O governo federal também está sendo solicitado para prestar apoio nesse momento de crise.

A situação de resgate dos desaparecidos está sendo dificultada pela continuidade das chuvas no estado, que deverão persistir nos próximos dias. Leite comparou a situação atual com a do ano passado, quando foi possível atuar rapidamente no socorro e salvamento das vítimas. Porém, dessa vez, as equipes de resgate estão enfrentando muitas dificuldades operacionais para acessar as áreas afetadas.

Diante desse cenário, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou que irá visitar o estado nesta quinta-feira (2) para acompanhar de perto a situação e coordenar ações de apoio às vítimas. O governador considerou a visita do presidente bastante positiva, enfatizando a importância da participação das Forças Armadas nesse momento de enfrentamento.

A previsão é de que as chuvas continuem intensas nas próximas horas e ao longo dos próximos dias, o que deve agravar ainda mais a situação de caos em algumas regiões do Rio Grande do Sul. Pontes rompidas, hospitais com problemas, falta de abastecimento de água e dificuldades no fornecimento de energia elétrica são alguns dos desafios enfrentados pelas autoridades.

- Anúncio -

MAIS LIDAS NO JC

Aproveite para ler!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Direitos Autorais

.