19.3 C
Ponta Grossa
terça-feira, março 5, 2024

Copel é vendida para a iniciativa privada por R$ 5,2 bilhões

Ponta Grossa
nublado
19.3 ° C
19.3 °
19.3 °
93 %
0.6kmh
93 %
ter
24 °
qua
23 °
qui
24 °
sex
26 °
sáb
26 °
Escrito por
Com informações deG1 e Copel

O Governo do Paraná anunciou nesta segunda-feira (14) que vendeu parte da Companhia Paranaense de Energia (Copel) na Bolsa de Valores por R$ 5,2 bilhões. A venda foi realizada na manhã desta segunda-feira (14) em São Paulo e contou com a participação do governador Ratinho Junior, confirmando a privatização da Copel.

A Copel é a maior empresa do Estado do Paraná e está entre as maiores companhias elétricas do Brasil. Atualmente, são atendidas 4,5 milhões de unidades consumidoras em quase 400 municípios.

Continue lendo depois da publicidade:

O Governo do Paraná disse que a venda da Copel foi uma medida necessária para garantir a viabilidade financeira da empresa e permitir que ela continue a investir em projetos de expansão e modernização. Além disso, o governo afirmou que a venda também permitirá ao estado manter sua participação na companhia, garantindo que ela continue sendo uma empresa de relevante interesse para o estado.

A venda da Copel foi realizada por meio de uma oferta de ações na Bolsa de Valores, que atraiu investidores de todo o país. O valor arrecadado com a venda será utilizado para financiar projetos de infraestrutura, educação e saúde no estado.

O Governo do Paraná afirmou que a venda da Copel é apenas o início de uma série de iniciativas que serão implementadas para impulsionar a economia do estado. O governo também destacou que a venda da Copel é um exemplo de seu comprometimento em garantir a transparência e a responsabilidade financeira do estado.

A Copel é a segunda empresa estatal a ser vendida na Bolsa de Valores, após a venda da Companhia Paranaense de Telecomunicações (CPT) em 2020. A venda da Copel é a maior venda de uma empresa estatal na história do Paraná.

Como funciona a privatização de empresas?

A privatização é um processo no qual as empresas estatais são transferidas para o setor privado, seja através da venda de ações ou da transferência do controle para empresas privadas. Esse processo busca alcançar benefícios como maior eficiência, redução de custos e aumento da competitividade.

No entanto, a privatização também apresenta alguns problemas. Um dos principais é o possível aumento dos preços dos serviços privatizados, já que as empresas privadas têm o objetivo de gerar lucros. Além disso, a qualidade dos serviços pode ser comprometida em busca de redução de custos, resultando em detrimento da população.

Outro desafio é a questão da desigualdade social, uma vez que as privatizações podem deixar pessoas desempregadas, especialmente aquelas que trabalhavam em empresas estatais. Isso pode levar a um aumento das disparidades sociais e afetar o bem-estar da sociedade como um todo.

Leia também:

Por outro lado, a privatização pode trazer benefícios, como melhorias na gestão das empresas e inovações tecnológicas. Empresas privadas têm maior flexibilidade para implementar mudanças e investir em novas tecnologias, o que pode resultar em serviços de melhor qualidade.

O que é Copel, que acaba de ser vendida?

A Companhia Paranaense de Energia, conhecida como Copel, é uma empresa de destaque no Estado do Paraná. Fundada em 1954, possui controle acionário pelo Estado do Paraná. A empresa abriu seu capital em 1994 e se tornou a primeira do setor elétrico brasileiro a ser listada na Bolsa de Valores de Nova Iorque em 1997. Desde 2002, a marca da Copel está presente na Comunidade Econômica Européia por meio da Latibex, braço latino-americano da Bolsa de Valores de Madri.

A partir de 2008, as ações da Copel passaram a fazer parte do Nível 1 de Governança Corporativa da BM&FBovespa. A Copel é responsável por fornecer energia elétrica para o Estado do Paraná e estados vizinhos, através de suas usinas, linhas de transmissão e distribuição. Essa trajetória de progresso foi construída ao longo de seis décadas, impulsionada pelo potencial hidráulico, domínio tecnológico e pelo espírito empreendedor e capacidade criativa de seus colaboradores.

- Anúncio -

MAIS LIDAS NO JC

Aproveite para ler!

1 COMMENT

Inscrever-se
Me notifique
guest
1 Comentário
ültimas
Newest Mais gostados
Inline Feedbacks
Veja os comentários
Sergio Tavares
Sergio Tavares
6 meses atrás

E o paranaense perdendo cada vez mais espaço… A maior empresa do estado, que era estatal, sendo vendida a preço de banana para a iniciativa privada, muito triste isso

Direitos Autorais

.