9.4 C
Ponta Grossa
sábado, maio 25, 2024
Imagem: Agência Brasil

Suspeito de Castro tenta fugir do país e acaba preso em Guarulhos

Condenado por estupro de vulnerável, homem é sentenciado a 26 anos de prisão

Ponta Grossa
céu limpo
8.7 ° C
8.7 °
8.7 °
95 %
2.3kmh
0 %
sáb
16 °
dom
13 °
seg
14 °
ter
15 °
qua
14 °
Escrito por

Um homem acusado pelo Ministério Público do Paraná por estupro de vulnerável foi condenado a 26 anos, 6 meses e 21 dias de prisão em regime inicial fechado. De acordo com a denúncia feita pela 4ª Promotoria de Justiça de Castro, nos Campos Gerais, o réu praticou atos libidinosos com três vítimas, sendo uma delas sua enteada de oito anos, e outras duas, parentes de sua esposa, com 11 e 12 anos na época, em ocasiões diferentes entre 2017 e 2019.

Leia Também:

Continue lendo depois da publicidade:

O réu foi preso no Aeroporto Internacional de Guarulhos tentando embarcar para fora do país, mesmo ciente de que havia um mandado de prisão preventiva em seu nome após a apresentação da denúncia em 2020. A decisão de sua prisão foi mantida, e a defesa ainda pode recorrer da decisão.

Casos de estupro subnotificados em PG

Ainda no mês de abril o Conselho Regional de Serviço Social (CRESS-PR) emitiu um alerta sobre os casos de estupro, que registraram alta de 110% no ano de 2021, somando mais de 5 mil casos registrados em todo o Paraná, sendo o estado que mais registra casos de estupro em todo o Brasil.

Segundo a pesquisa realizada pela egressa da UEPG, Laura Tozetto Goes, os casos são subnotificados na cidade de Ponta Grossa, em sua maior parte, porque as pessoas não reconhecem estar sendo vítimas de estupro e quando reconhecem sentem vergonha em denunciar o caso, devido ao julgamento que podem sofrer.

O Anuário Brasileiro de Segurança Pública lançado em 2020 revelou que mais de 70% das vítimas de estupro são vulneráveis. Em Ponta Grossa esse dado fica semelhante, onde 70,5% dos casos de estupro foram registrados como violência a vulneráveis no ano de 2020, conforme pesquisa feita por Goes.

Como realizar denúncias

Em Ponta Grossa existe o Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (NUCRIA) que é o responsável por investigar e receber denúncias de estupro quando menores estão envolvidos, onde o telefone para contato é o (42) 3225-3856. Para crimes de estupro onde menores não estão envolvidos basta pegar o celular e discar 100, onde uma equipe estará preparada para prestar atendimento.

O NUCRIA de Ponta Grossa fica na Rua Rodrigues Alves, 950, região do Jardim Carvalho, onde também podem ser feitas denúncias de forma presencial.

- Anúncio -

MAIS LIDAS NO JC

Aproveite para ler!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Direitos Autorais

.