19.3 C
Ponta Grossa
quarta-feira, fevereiro 28, 2024

Athletico-PR vence Palmeiras e convence, mas o jogo ainda não acabou

O jogo de volta da semifinal ocorre na próxima terça (6), no Allianz Parque

Ponta Grossa
nublado
19.8 ° C
19.8 °
19.8 °
97 %
1.6kmh
97 %
qui
29 °
sex
27 °
sáb
28 °
dom
31 °
seg
18 °
Escrito por

O Palmeiras enfim perdeu a sua invencibilidade na Libertadores da América 2022. Os 10 jogos, oito vitórias, dois empates, nenhuma derrota e 35 gols marcados de campanha, ficaram nos sites estatísticos e não se refletiu em campo – méritos do Athletico ao construir a vitória por 1×0 na última terça (30).

Imagem editorial | Imagem: Reprodução / NELSON ALMEIDA / AFP

Apesar de seu adversário ser o atual bicampeão da Libertadores, o Athletico não se intimidou e teve ótimo rendimento, tanto ofensivo como defensivo, o que criou solidez ao time de Felipão e deu muita dor de cabeça para Abel Ferreira. O jogo foi bem diferente do que vimos contra o Flamengo pela Copa do Brasil, com o time coagido em muitos momentos. 

Continue lendo depois da publicidade:

‘Resumão’ da partida

Os laterais Abner e Khellven tiveram importante papel de criação pelos lados, enquanto o talento de Vitor Roque liderava o ataque rubro-negro na frente. E mais uma vez o menino de 17 anos chamou a atenção em jogo decisivo. É a partir de seu belo domínio que saiu o gol de Alex Santana, aos 23 do primeiro tempo: a cereja do bolo para uma performance correta da equipe do Furacão.

O Palmeiras, que se encontrava irreconhecível no primeiro tempo, voltou melhor no segundo. Dudu foi um dos jogadores mais perigosos do Verdão que, por conta da velocidade, trouxe perigo pela direita e pela esquerda do campo. Roni esteve abaixo e Veiga, também sumido, saiu machucado após entrada de Hugo Moura. Apesar de ter mais a bola, a equipe do Palmeiras sentiu dificuldade na criatividade, pela ausência de Gustavo Scarpa e não conseguiu empatar a partida.

Mais do que uma vitória, o 1×0 do Athletico foi um grande feito. Em sua primeira semifinal de Libertadores desde 2005, o Furacão saiu vitorioso contra um Palmeiras que não perdia como visitante desde 2 de abril de 2019, quando perdeu de 1×0 para o San Lorenzo. Esse resultado faz crescer ainda mais o reconhecimento de um projeto de anos, desenvolvido no clube curitibano.

A vitória já é um marco para o trabalho de Felipão desde que chegou ao Athletico, mas ainda não acabou: restam os 90 minutos do jogo da volta, no Allianz Parque, em menos de uma semana. Lá, o favoritismo é da equipe paulista e como se sabe, o Palmeiras é o Palmeiras. Mas não pode ser considerado invencível.

- Anúncio -

MAIS LIDAS NO JC

Aproveite para ler!

Inscrever-se
Me notifique
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja os comentários
Direitos Autorais

.