10.6 C
Ponta Grossa
terça-feira, julho 23, 2024

Miguel e Ivo assumem reitoria da UEPG

Evento que ocorreu na noite de ontem (01) oficializou a reeleição de Miguel Sanches Neto

Ponta Grossa
céu limpo
10.6 ° C
10.6 °
10.6 °
83 %
1.2kmh
1 %
ter
22 °
qua
23 °
qui
25 °
sex
25 °
sáb
24 °

Colunas

Escrito por ,

No início da noite de ontem (01) ocorreu, no auditório do Colégio Marista, o evento de posse da chapa vencedora das eleições de 2022 para a Reitoria da Universidade Estadual de Ponta Grossa. A chapa vencedora foi a “Sempre UEPG”, com Miguel Sanches Neto (Reitor) e Ivo Mottin Demiate (Vice-Reitor), que assumiram oficialmente a gestão da Reitoria da UEPG no evento.

Imagem: Vinicius Sampaio | Jornal Colabore

A posse contou com diversas figuras importantes para Ponta Grossa e o Paraná, como Elizabeth Schmidt (PSD), e o ex-prefeito ponta-grossense, Péricles de Mello, além de diversos outros reitores da região.

Continue lendo depois da publicidade:

Durante o evento, Miguel, que conseguiu a reeleição, afirmou que deve fazer a universidade chegar em 2030 com a continuação das políticas de inclusão e criação de novas. “Quero deixar registrado que essa será a gestão mais inclusiva da história da Universidade”, afirmou o reitor em seu discurso.

Próximos meses da gestão

Em entrevista ao Jornal Colabore, o vice-reitor da Universidade, Ivo Mottin, afirmou que espera uma gestão de muita cooperação: “Vamos trabalhar muito para interagir mais com a sociedade, com a graduação, ensino e extensão trabalhando muito ligados à comunidade”. 

Imagem: Heryvelton Martins | Jornal Colabore

Para os próximos meses e anos da gestão, que deve permanecer até 2026, o reitor e vice-reitor esperam finalizar as obras já iniciadas, criar melhorias para o Hospital Universitário de Ponta Grossa e criar novos cursos na instituição.

Miguel também se comprometeu em melhorar a estrutura e qualidade dos cursos já existentes, afirmação que já havia sido feita anteriormente em entrevista com o JC, feita ainda na época das eleições.

A TV Educativa de Ponta Grossa

Durante todo o evento essa ligação entre a Universidade e a comunidade dos Campos Gerais foi muito discutida e destacada, parecendo ser um dos elementos importantes da atual gestão, vale lembrar que recentemente surgiu a possibilidade de a UEPG gerir o sinal da TV Educativa de Ponta Grossa.

Miguel explicou ao JC que, se aprovado, a TVE seguirá sendo um espaço para cultura, ensino e jornalismo. “Ela deve ficar junto ao núcleo de educação a distância da Universidade”, contou o reitor.

Galeria de fotos:

- Anúncio -

MAIS LIDAS NO JC

Pode chamar sua atenção! leia:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Direitos Autorais

.