12.9 C
Ponta Grossa
segunda-feira, julho 15, 2024

Homem é preso em Ponta Grossa após confissão de feminicídio

A Polícia Civil de Ponta Grossa prendeu um homem pelo crime de feminicídio no último domingo (26), após confessar o crime

Ponta Grossa
nublado
13.2 ° C
13.2 °
13.2 °
97 %
2.5kmh
100 %
seg
13 °
ter
15 °
qua
20 °
qui
22 °
sex
15 °

Colunas

Escrito por
Com informações dePolícia Civil de Ponta Grossa

A Polícia Civil de Ponta Grossa prendeu um homem pelo crime de feminicídio no último domingo (26), após confessar o crime. O suspeito, que estava com manchas de sangue no corpo, inicialmente alegou ter matado um porco. Após investigações e a descoberta do corpo de uma mulher, identificada como Maria Silmara Bonete, de 40 anos, na Avenida Vinconde de Mauá, no bairro Colônia Dona Luiza, o suspeito acabou confessando o crime.

De acordo com informações apuradas pela Polícia, a vítima havia terminado um relacionamento amoroso com o suspeito cerca de dois meses atrás. Na madrugada do crime, eles foram vistos juntos em uma boate e decidiram ir para a residência do suspeito, onde passaram a noite.

Continue lendo depois da publicidade:

Pela manhã, ocorreu uma discussão supostamente motivada por ciúmes, e o suspeito acabou assassinando Maria Silmara. Ele teria aplicado um golpe de estrangulamento na vítima, deixando-a inconsciente, e em seguida desferiu dois golpes de faca em seu pescoço. Posteriormente, o suspeito amarrou uma corda em seu pescoço e arrastou o corpo até o fundo da propriedade, onde pretendia ocultá-lo.

Após a vítima não entrar em contato com suas amigas, que estavam com ela na boate, elas foram até a residência do suspeito em busca de informações. Ele não soube explicar o paradeiro de Maria Silmara, levantando suspeitas. A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar ao local, encontrou o suspeito com marcas de sangue em seu corpo. Ele alegou que o sangue era de um porco que havia matado, porém, diante das evidências e informações contraditórias, acabou confessando o crime.

Leia também: PF conclui que Bolsonaro cometeu crime por divulgar informações falsas da Covid-19

Durante a busca na residência, a polícia encontrou uma arma de fogo calibre .38. O crime foi parcialmente capturado pelas câmeras de segurança da propriedade. O suspeito foi preso por feminicídio e posse irregular de arma de fogo, sendo encaminhado para a Cadeia Pública Hildebrando de Souza, onde aguardará julgamento.

- Anúncio -

MAIS LIDAS NO JC

Pode chamar sua atenção! leia:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Direitos Autorais

.