9 C
Ponta Grossa
terça-feira, julho 23, 2024

Programa oferece taxa de juros subsidiada para empresários de PG

Ponta Grossa
céu limpo
9 ° C
9 °
9 °
85 %
1.1kmh
3 %
ter
22 °
qua
23 °
qui
25 °
sex
25 °
sáb
24 °

Colunas

Escrito por

Com taxas reduzidas a 0,58% ao mês, o programa “Paraná Recupera” busca aliviar os impactos financeiros e oferece uma taxa de juros subsidiada de 7,17% ao ano

Em resposta aos desafios impostos pelas fortes chuvas e eventos climáticos adversos nos últimos meses, a Prefeitura de Ponta Grossa, em parceria com a Fomento Paraná, anuncia um programa para aliviar os impactos financeiros enfrentados pelos empresários locais. Com taxas reduzidas a 0,58% ao mês, o programa “Paraná Recupera” busca aliviar os impactos financeiros e oferece uma taxa de juros subsidiada de 7,17% ao ano.

Continue lendo depois da publicidade:

A presidente da Agência de Inovação de Ponta Grossa, Tônia Mansani, destaca a importância desta ação: “Janeiro muitas vezes marca uma diminuição no movimento do comércio, afetando diretamente o faturamento dos empresários. Nesse contexto, a linha de crédito emergencial se torna uma oportunidade valiosa para impulsionar os negócios e superar os desafios enfrentados”, explica.

Ponta Grossa é um dos 50 municípios habilitados para acessar os benefícios do programa Paraná Recupera. Os empresários têm um prazo de 180 dias, a contar da data do decreto municipal de situação de emergência, para solicitar o crédito e iniciar o processo de recuperação financeira.

Empresários interessados em obter mais informações sobre os procedimentos de solicitação de crédito e os critérios de elegibilidade podem acessar a Sala do Empreendedor, localizada no Paço Municipal, ou entrar em contato através do telefone (42) 99836-6351 (WhatsApp). “Estamos disponíveis para fornecer todo o suporte necessário durante esse processo, garantindo que os empresários compreendam e aproveitem ao máximo essa oportunidade única”, conta Tônia Mansani.

O programa “Paraná Recupera” visa atender especificamente às necessidades dos empresários que enfrentam dificuldades financeiras decorrentes das chuvas e eventos climáticos. Com mais de R$ 85 milhões já liberados, a linha de crédito emergencial já beneficiou mais de 2.050 empreendimentos em mais de 40 cidades.

 

- Anúncio -

MAIS LIDAS NO JC

Pode chamar sua atenção! leia:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Direitos Autorais

.