12.9 C
Ponta Grossa
segunda-feira, julho 15, 2024

Suspeito de canibalismo é preso com carne humana em mala

Ele foi detido em Portugal, quando tentava viajar com a mala para o Brasil

Ponta Grossa
nublado
13.2 ° C
13.2 °
13.2 °
97 %
2.5kmh
100 %
seg
13 °
ter
15 °
qua
20 °
qui
22 °
sex
15 °

Colunas

Escrito por

Um homem de 26 anos, identificado como Begoleã Fernandes, foi preso nesta semana em Portugal por tentar despachar uma mala com carne humana, segundo informações das autoridades locais. Ainda segundo detalhes, o rapaz tentava chegar em Belo Horizonte, quando foi interceptado pelas autoridades—em resposta às acusações, ele afirmou que a carne era “prova de um crime.”

Polícia investiga acusações de canibalismo envolvendo brasileiros na Holanda; Família de Alan Lopes se surpreende com alegações e questiona veracidade das acusações | Imagem: Redes Sociais

Para pior a situação do jovem, ele carregava documentos falsos e ainda era suspeito da prática de homicídio na Holanda, onde também estava sendo investigado por canibalismo. As autoridades de Portugal logo identificaram o problema na documentação do suspeito e encaminharam um pedido de informações para Amsterdã, onde ele estava sendo procurado desde o dia 26 de fevereiro. Diante da situação, ele recebeu voz de prisão e foi conduzido para o Laboratório de Polícia Cientifica de Lisboa.

Continue lendo depois da publicidade:

Depoimento confuso

As informações fornecidas pela família da vítima do crime Alan Lopes ao jornal O Globo sugere que Fernandes, preso essa semana, teria enviado um áudio pedindo dinheiro para deixar a Europa e voltar para Belo Horizonte. O contexto do áudio é relacionado a um crime que ocorreu em Amsterdã, na Holanda, onde ambos os brasileiros viviam.

No áudio, Begoleã Fernandes relata que foi convidado para um churrasco na casa de Alan Lopes, que trabalhava em um açougue. Fernandes alega que levou uma faca e agiu em legítima defesa, pois estava com medo que Alan, vítima do crime, tentasse mata-lo para consumir sua carne.

A irmã de Alan, Kamila dos Anjos Lopes, manifestou surpresa e confusão em relação às acusações de canibalismo atribuídas a seu irmão. Ela afirmou que Fernandes devia dinheiro ao irmão e que, ao ser preso em Portugal, ele teria alegado que Alan tentou cobrar a dívida antes de acusá-lo de canibalismo.

- Anúncio -

MAIS LIDAS NO JC

Pode chamar sua atenção! leia:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Direitos Autorais

.