12.9 C
Ponta Grossa
segunda-feira, julho 15, 2024

Ponta Grossa está entre as cidades mais inteligentes e conectadas do país, aponta ranking

O Paraná foi o primeiro da região Sul e o segundo estado brasileiro com o maior número de cidades no ranking Connected Smart Cities 2022

Ponta Grossa
nublado
13.2 ° C
13.2 °
13.2 °
97 %
2.5kmh
100 %
seg
13 °
ter
15 °
qua
20 °
qui
22 °
sex
15 °

Colunas

Escrito por

Curitiba conquistou, mais uma vez, o título de Cidade Mais Inteligente e Conectada do Brasil. Com dez municípios presentes no ranking Connected Smart Cities 2022, incluindo a Capital, o Paraná é o primeiro da região Sul e o segundo estado brasileiro com o maior número de cidades entre as 100 mais inteligentes do País, atrás apenas de São Paulo.

Ponta Grossa fica na posição 60ª no ranking | Imagem: Divulgação / Canva

Também aparecem no ranking, divulgado nesta terça-feira (4) pela plataforma Connected Smart Cities e pela Urban Systems, os municípios de Maringá (20º), Londrina (24º), Foz do Iguaçu (35°), Cascavel (50º), Apucarana (51º), Ponta Grossa (60º), Pinhais (62º), Pato Branco (77º) e Guarapuava (84º).

Continue lendo depois da publicidade:

“Nos últimos quatro anos, trabalhamos muito para tornar o Paraná um estado cada vez mais moderno, inovador e sustentável. O bom posicionamento das cidades paranaenses no ranking Connected Smart Cities demonstra que estamos no caminho correto”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

O estudo do Connected Smart Cities 2022 avalia os municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes, abrangendo 680 cidades. O objetivo é mapear aquelas com maior potencial de desenvolvimento no Brasil.

O ranking é composto por 75 indicadores, divididos em 11 eixos: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança. Dezoito estados brasileiros e o Distrito Federal possuem cidades na lista.

Capital Paranaense

Além de estar na liderança como a Cidade Mais Inteligente e Conectada do Brasil, posição que já tinha ocupado em 2018, Curitiba também ficou em primeiro lugar no recorte de Empreendedorismo, em segundo em Tecnologia e Inovação, terceiro em Urbanismo, na oitava posição em Meio Ambiente e na nona em Governança.

Segundo a avaliação, a capital paranaense colhe os frutos dos investimentos em empreendedorismo, tecnologia e inovação. Com quatro polos tecnológicos e 12 incubadoras de empresas, a cidade registrou, no período analisado, crescimento de 2,44% no número de empresas de tecnologia e de 17,3% entre as microempresas individuais.

“Voltamos ao primeiro lugar com números expressivos em empreendedorismo, urbanismo, tecnologia e inovação, setores fundamentais para o crescimento contínuo da cidade na nova economia e no novo mundo conectado ao 5G”, destacou o prefeito de Curitiba, Rafael Greca. “A cidade que abre uma empresa em seis horas, e que gera empregos ainda mais rapidamente, é sustentável, humana e inteligente”.

Em Urbanismo, o estudo destaca as revisões do Plano Diretor e da Lei de Uso e Ocupação do Solo da cidade, além do investimento de R$ 578 por habitante em Infraestrutura e Mobilidade e a disponibilização ao cidadão do cadastro imobiliário.

Os índices de saneamento na Capital, que contam com participação da Sanepar, foram os destaques no eixo de Meio Ambiente. O ranking salienta que Curitiba atingiu a universalização dos domicílios urbanos do abastecimento de água, do atendimento de esgoto sanitário e da coleta de resíduos residenciais. A cidade conta ainda com monitoramento eletrônico de áreas de risco e índice de recuperação de materiais recicláveis de 2,49%, com aumento em relação ao ano anterior.

Já na área de Inovação e Tecnologia, os destaques incluem a cobertura de 100% da tecnologia 4G, densidade de 36,05 acessos de banda larga para cada 100 habitantes, sistema de agendamento de consulta da rede pública de saúde e nota 9,6 na Escala Brasil de Transparência.

Além disso, Curitiba foi a primeira cidade do mundo a testar luminária inteligente com antena 5G integrada, que transforma as lâmpadas de iluminação pública em antenas de celular que espalham como wi-fi o sinal do 5G.

Meio ambiente

O Paraná conta com quatro municípios entre os 10 melhores colocados na categoria Meio Ambiente. Francisco Beltrão, no Sudoeste, ficou na quarta posição. Em sexto, sétimo e oitavo lugar estão Pato Branco (Sudoeste), Umuarama (Noroeste) e Curitiba, respectivamente.

Na avaliação do Connected Smart Cities 2022, Francisco Beltrão é a cidade mais bem posicionada entre as de menor porte, com destaque para 100% da população urbana atendida pelo sistema de abastecimento de água, 99,8% de cobertura do serviço de coleta de resíduos domiciliar e índice de 14,01% de recuperação de materiais recicláveis.

Além disso, Foz do Iguaçu, na região Oeste, ficou na sétima posição no recorte de Saúde do ranking.

- Anúncio -

MAIS LIDAS NO JC

Pode chamar sua atenção! leia:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Direitos Autorais

.